A crise criativa chegou nas salas dos cinemas ?

by

Ao observar a lista de filmes passando nos cinemas, um que chamou a atenção foi “Exterminador do Futuro: Genesis”. Ao ver o nome, me fez refletir: será que o cinema está entrando numa crise de criação, que chegou ao ponto de reviver as grandes franquias do passado para salvar as indústrias cinematográficas?

Nos últimos anos, são poucos filmes vieram com algo renovador que pode ser desde roteiro até técnica de gravação, a grande parte vêm com histórias já conhecidas pelo publico e utilizando as mesmas formulas que não conseguem mais segurar a bilheteria. O que podemos dar destaque são os filmes de adaptações dos quadrinhos, que vem crescendo cada vez mais.

Até que a continuação do Exterminador do Futuro não levou muito tempo, somente seis anos, e se for analisado não é bem uma continuação, já que muda o futuro, sendo que o Exterminador volta mais ainda ao tempo e assim criando uma nova linha do temporal. Mas será que foi realmente necessário voltar ao cinema?

Vamos pegar o caso de Rambo, levou em torno de vinte anos para a continuação e que chegou manchado seu legado com uma péssima história, e mesmo trazendo o mesmo ator, não agüentou a onde. E que tal Duro de Matar, levou doze anos para novos filmes e para vermos a mesma história e ver Bruce Willis apanhar pra caramba e ainda conseguir salvar o mundo.

Para alguns filmes é realmente necessário essa volta tão tardia, ainda mais por causa do avanço tecnológico nos filmes, como o exemplo do Tron. Levou em torno de vinte e oito anos para assistirmos a continuação em Tron: O Legado. E pelo visto levaremos mais vinte e oito para vermos a continuação, visto que o filme terminou em aberto.

Um dos filmes mais aguardados é a continuação de Star Wars. A primeira trilogia foi lançada nos anos 80 (1977, 1980 e 1983) e para vermos a “continuação”, levou em torno de dezesseis anos e assistimos uma trilogia enfraquecida, cheia de efeitos exagerados e com histórias fracas. E agora para apagar essa imagem desses últimos filmes, virá com mais uma nova trilogia que tivemos de esperar somente dez anos, nas mãos de J. J. Abrams que promete trazer o velho e bom bang bang dos primeiros filmes.  Será que iremos ver o mesmo erro cometido pelo George Lucas? A confiança dos fãs é grande e pelo visto não tem como dar errado.

O que vemos é que as indústrias cinematográficas acharam um modo de trazer uma nova legião de fãs e assim faturar mais, contudo muitas vezes esquecem o cuidado que é necessário para essas histórias e assim não destruir o que tanto os fãs amam.

Comments

comments

Liked it? Take a second to support Isabelle Prado on Patreon!