Crítica | O Último Caçador de Bruxas

by

last-witch-hunter-trailer-poster-vin-diesel

Vin Diesse é fã de RPG de mesa e como tal, resolveu fazer uma homenagem as aventuras que esse tipo de jogo proporciona, mas nem todos estavam afim de fazer ajudar.

Kaulder (Vin Diesel) é um caçador de bruxas que foi amaldiçoado pela Rainha com a imortalidade, diante disso passa séculos lutando contra o mal. Nos dias atuais é obrigado enfrentar mais uma vez sua maior inimiga contando somente com a ajuda da jovem bruxa Chole (Rose Leslie) para impedir que uma convenção espalhe uma terrível praga pela cidade.

Mesmo com uma sinopse apresentando uma história bem clichê, o filme consegue prender sua atenção até metade, depois se perde e só se foca no Kaulder esquecendo o restante dos personagens. É uma surpresa o roteiro ter ficado no blacklist – são listas dos melhores roteiros produzidos no ano – de 2010, não que é ruim, mas como já foi dito: se perdeu. Tentou no final uma reviravolta, mas nada que nos deixe surpreso. Teve personagens coadjuvantes bons, porém mal utilizados, uma grande pena já que trás ótimos atores.

Diesel fez bem seu trabalho, o caçador lembra muito Riddick, nas cenas de ação que é seu forte, não há nada a reclamar, mas nas poucas cenas de drama, falhou e não trouxe a emoção necessária.

download

Rose Leslie está bem, mas dá para notar o esforço em melhorar o personagem que ficou sem função em boa parte do longa, por culpa do roteirista e do diretor.

Michael Caine da vida ao Dolan 36th, infelizmente pareceu mais uma participação e seu papel lembrou e muito o seu trabalho como Alfred na trilogia do Batman.

caine-diesel-560x372

Elijah Wood interpreta Dolan 37th, e acabou tendo um papel inútil e só tendo uma pequena importância no clímax do filme, só para justificar sua presencia.

Belial, interpretado por Ólafur Darri Ólafsson, foi um dos melhores personagens. Sendo o vilão – praticamente – do filme, mostra a força dos bruxos, utilizando todos os tipos de magias.

Uma coisa muito interessante é a simplicidade e o diferencial dos efeitos ao mostrar o mundo das bruxas, normalmente são algo exagerados, mas nesse filme um segue um estilo impactante, mas sem exagero. Destaque para Rainha com o visual assustador, porém sem muitos enfeites.

The-Last-Witch-Hunter2

As cenas de ação e lutas não deixam a desejar, sendo os melhores momentos de Diesel, que não poupou esforço em entregar um trabalho de primeira que diverte quem assiste.

O Ultimo Caçador de Bruxas teve boas intenções, mas fica nisso. Pode ser visualmente bonito para tentar tampar os erros das histórias, só que não consegue segurar atenção até o final. Um bom enredo desperdiçado por mãos incompetentes.

 

Comments

comments