Need for Speed | Jogo terá narrativas diferentes e busca raízes da franquia

by

A EA e a Ghost Games, estúdios a cargo do título, querem entregar uma experiência inspirada nas raízes da franquia e com cinco diferentes narrativas.

A produtora Leanne Loombe, que atua na desenvolvedora, contou esses e outros detalhes ao GameReactor. “Bem, isso é Need for Speed, não há subtítulos no jogo, como vocês sabem, então apenas o chamamos de Need for Speed porque é um reboot da franquia. Queremos muito voltar para aquilo que os fãs têm pedido, para o núcleo de Need for Speed”, explicou.

Cinco narrativas diferentes e customizações “profundas”

Uma das principais características do novo Need for Speed é sua linha de narrativa, que pode se bifurcar em cinco caminhos diferentes. A produtora descreve esse aspecto como algo “muito forte”, que oferece diferentes formas de jogar. “Esse jogo tem uma narrativa muito forte, uma história que te coloca na progressão dos fatos. Tudo gira em torno de nossos cinco ícones, temos cinco deles, cinco atos no jogo: Estilo, Velocidade, Reputação, Fora da Lei e Construir. E eles representam cinco maneiras diferentes de jogar o game”, detalhou Loombe.

A produtora não deu mais detalhes sobre a história, mas adiantou que as narrativas serão “superempolgantes” e disse que, se o jogador quiser, pode seguir todas elas. “Há cinco narrativas diferentes, então você pode escolher qual fazer. É possível fazer todas elas também. Cada uma tem uma sutil diferença na forma como você joga, então é superempolgante”, disse.

Need For Speed

Need for Speed 5 buscará a volta as raízes (Divulgação)

Conheça os cinco estilos diferentes

A própria EA já listou alguns detalhes sobre os cinco ícones supracitados. Vamos relembrá-los:

  • Velocidade: pé no pedal, altas velocidades, adrenalina máxima. Esse é um modo descrito pela EA como “feito para destemidos”, com enorme foco em velocidade sobre qualquer outro elemento;
  • Estilo: expressão através da direção, deslize o carro numa esquina com precisão máxima. Esse é um modo para os “estilosos”;
  • Construir: é aqui que os jogadores podem modificar totalmente o carro com customizações “profundas” que melhoram o carro em visual e performance. A personalização é algo “constante”;
  • Reputação: não vá às ruas sozinho. A EA diz que é preciso “botar fé em outros” e alinhar habilidades para que coisas maiores possam ser atingidas;
  • Fora da Lei: é a parte “fuja da polícia” do negócio. Aqui, o jogador encarna o papel de um “arruaceiro” que vive à beira dos limites sempre.

A produtora diz que a equipe trabalha “naquilo que os fãs estão sempre pedindo” e que, com base nisso, está trazendo de volta a “customização profunda”, tanto em “visual quanto em desempenho e manuseio”.

Promissor, não? Need for Speed será lançado no dia 5 de novembro deste ano para PlayStation 4, Xbox One e PC.

 

Comments

comments